segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Fonte Cartão Vermelho
O nosso tema de hoje é Cláudio Leitão.

As Verdades Que Doem, Mas Precisam Ser Ditas. Parte Cláudio Leitão.

Cláudio Leitão é um dos fundadores do PSOL de Cabo Frio, é um idealista dos princípios do socialismo/comunismo, homem com boa formação acadêmica e profissionalmente bem resolvido, que faz política por hobby, e esse é um dos principais problemas de Cláudio Leitão e o primeiro alvo de nossas críticas.

Esse forma de fazer política por hobby, no estilo “que se dane, perdendo as eleições vou para praia com minha namorada no dia seguinte e nem ligo...” faz de Cláudio Leitão uma caricatura de político, que entra no jogo político para falar uma meia dúzia de meias verdades diante a políticos profissionais e de carreira, isso não soma nada em sua candidatura e nem ao seu partido.

Por aproximação a militantes do PDT que são amigos de roda de café o Cláudio Leitão perde também a oportunidade de fazer política da esquerda verdadeira, de mostrar as classes como professores, bombeiros, comerciários... que quem verdadeiramente os representa é o PSOL e não o travesti de deputado que só diz sim como cachorro domesticado da bancada de Sérgio Cabral.

Cláudio Leitão não é sério como político, e isso já se reflete entre seus companheiros que pensam sinceramente na possibilidade de não apóia-lo a uma candidatura de Prefeito de Cabo, deixando inclusive a possibilidade de que o Professor Babade venha a ser o candidato a Prefeito em 2012.

Por último o que atrapalha Cláudio Leitão é o próprio PSOL, que segue um dogmatismo primata e nocivo, que proíbe alianças e composições políticas, um partido nanico que se acha a própria URSS no tempo da guerra fria, enquanto Cláudio Leitão não levar política a sério, lutar pelos seus ideais sem medo de magoar militante do PDT e o PSOL for essa paródia comunista, não terá chance nenhuma de ser prefeito de Cabo Frio e as chances de conseguir uma cadeira na vereança em 2012 são de 0,5%.


Blog Cartão Vermelho é a verdade, doa a quem doer!

2 comentários:

  1. landy-souza@bol.com.br21 de novembro de 2011 22:54

    Olá Vicente sou pré do ptn landy sena, estou visitandos varias pousada em buzios,para ver se consigo colocar algumas pessoas no ramo de hotelarias, garçon,camrera cozinheira,,jardineiro,ajudante de cozinha,não conseguir saber porque 80% dos enpregados e Uruguaio e Argentino ou melhor 20% de brasileiro um absurdo nome da pousada e unicornio ferradura.

    ResponderExcluir
  2. É landy, infelizmente é nossa realidade, desde de 2004 venho lutando por escolas profissionalizantes para justamente evitar este tipo de coisa, estas vagas estão preenchidas porque nosso povo é despreparado, e mesmo que tenhamos uma mudança no quadro, teremos que trabalhar uma mudança na cultura dos empregadores.
    Mas estamos aqui para contribuir, vamos juntos, um abraço.

    ResponderExcluir